DIÁLOGO ENTRE O TRAÇO E O FIO

Como em um diálogo, intervir é entender a linguagem do outro, respeitar, transformar e interagir, sem destruir. É ser maleável, adaptável, flexível e autêntico ao mesmo tempo. É mostrar ao mundo como diferentes verdades podem coexistir em harmonia.

Esta foi a experiência que aprendi neste trabalho desenvolvido em parceria com o artista Giuliano Martinuzzo.

Gratidão, querido amigo!

CONCEPÇÃO E EXECUÇÃO:2014
CLIENTE:DP Barros Arquitetos Associados