MAKTUB “ESTAVA ESCRITO”

Maktub, significa “estava escrito” no idioma de minhas origens libanesas.
Quando decidi iniciar minha carreira solo, passei algum tempo em dúvida entre ser arquiteta ou ser artesã, mas imaginar ser uma só das duas coisas não parecia fazer sentido pra mim.


A minha dúvida me fez olhar para trás para tentar encontrar a resposta. Comecei a buscar as histórias da minha família, entender de onde eu vinha e o que faziam os que vieram antes de mim, até que houve um momento em que entendi que a resposta estava em unir as duas coisas: como arquiteta desenvolvi a habilidade de ouvir, compreender, transformar e projetar, mas foi a minha vocação para trabalhos manuais que me fez encontrar nas pessoas minha maior fonte de inspiração.

E é conhecendo pessoas, ouvindo suas histórias e o contexto onde estão inseridas que eu encontro a beleza que me inspira para criar os produtos, a arte, os projetos e oferecer um novo olhar sobre aquilo que já existe, que pode ser transformado para ser valorizado e preservado. Comigo aconteceu exatamente assim:

Foi admirando, reverenciando e respeitando meus antepassados e minha própria história que encontrei o verdadeiro significado do meu caminho no presente. Minha eterna gratidão a tudo o que foi, ao que é e ao que será. Mari Dabbur, entre mãos e obras.

“A mulher é terra fértil que aflora e traz pelas mãos a tradição.” Adriana Florence*

Maos1170

*Frase retirada do prefácio do livro: No caminho da Expedição Langsdorff. Memória das águas.

Leave a comment