TANABATA MATSURI: LENDA E TRADIÇÃO

O Tanabata Matsuri ou “Festival das Estrelas” é uma comemoração tradicional da cultura oriental. Baseado em uma antiga lenda, teve origem há mais de mil anos e segue sendo festejado até hoje.

Sob o tema do Festival e a convite da galeria Toyo Art Design, focada em artistas com algum tipo de ligação, desenvolvi o projeto de intervenção para a vitrine da exposição que acontece do dia 23 Julho a 29 de Agosto.

A Lenda

Orihime, uma jovem tecelã, filha de um Deus muito poderoso se apaixona e se casa com o jovem Hikoboshi. Dominados pelo amor deixam de lado seus afazeres e obrigações. Por este motuvo o pai de Orihime ordenou que eles vivessem separados podendo encontrar-se apenas uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar, mas somente após realizarem todos os desejos vindos da Terra neste mesmo dia. Orihime e Hikoboshi são representados respectivamente pelas estrelas Vega e Altair que na Via Lactea realmente são vistas em lados opostos e se encontram no céu apenas uma vez por ano.

A Tradição

Foi baseado nesta lenda que nasceu o Tanabata Matsuri ou “Festival das Estrelas”, é uma tradição milenar na cultura japonesa. O festival acontece entre os meses de julho e agosto. As ruas são enfeitadas com grandes enfeites coloridos suspensos que representam as estrelas e ramos de bamboo são dispostos ao longo das ruas onde as pessoas penduram papéis coloridos, denominados Tanzaku, onde escrevem seus desejos com o objetivo de que eles sejam enviados as estrelas. A cor do Tanzaku deve ser escolhida de acordo com o desejo, sendo: verde (esperança), rosa (amor), amarelo (prosperidade), vermelho (sucesso), azul (proteção), branco (paz).

No Brasil ele acontece todos os anos no bairro da Liberdade entre os meses de julho e agosto. Este ano aconteceu nos dias 04 e 05 de Julho e eu fui conferir.

TANABATA MATSURI_2

TANABATA MATSURI_3

 

Leave a comment